O seu kit para escolher o melhor preço em hotéis: pick up e elasticidade da demanda

Escolher os preços adequados nos hotéis é o desafio constante de qualquer revenue manager. Já não é suficiente seguir apenas os preços do nosso conjunto competitivo, agora é necessário considerar o panorama completo da cidade. Caso contrário, é como ter uma venda nos olhos, vamos perder os momentos de alta demanda em que poderíamos ajustar o preço para obter uma maior rentabilidade.

Pergunta: Você entende a elasticidade da demanda?

Como mencionamos anteriormente, não se limite a observar os concorrentes, é importante ir além e entender como a elasticidade da demanda se comporta. Assim, será como se você tivesse óculos de raios-x, poderá identificar rapidamente os momentos de alta demanda e determinar quando uma mudança de preço pode ter um impacto positivo nas suas receitas e quando não.

Mas não termina na elasticidade da demanda, apresentamos-lhe outro elemento crucial: o “pick up”.

Vamos ver brevemente o que é: na indústria hoteleira, com “pick up” referimo-nos à diferença no número de noites, receitas e/ou preço médio entre diferentes períodos. Este conceito é de vital importância para o revenue management, pois fornece informações sobre a demanda e ajuda a tomar decisões estratégicas. O “pick up” pode ser analisado em diferentes frequências e estudado em detalhe por segmentos e mercados. Um “pick up” alto pode indicar que é possível aumentar os preços, enquanto um “pick up” baixo pode requerer manter ou reduzir os preços para estimular a demanda. Além disso, a análise do “pick up” permite identificar tendências e padrões, o que facilita o planejamento e a estratégia a longo prazo.

Agora que você já entende o que é elasticidade e “pick up”, deve estar se perguntando: o que isso tem a ver com a escolha de preços em hotéis?

Simples: o “pick up” é uma ferramenta valiosa para que os hotéis entendam a elasticidade de sua demanda. Por exemplo, se um hotel aumenta seus preços e observa uma diminuição significativa no “pick up”, isso pode indicar que a demanda é elástica durante esse período. Por outro lado, se o hotel aumenta os preços e o “pick up” não diminui significativamente, isso pode sugerir que a demanda é inelástica. Óculos muito potentes… 😎

*Turbotip: para escolher o melhor preço em hotéis, coloque os óculos, eles não serão úteis guardados na sua bolsa.

Gostaria de ser capaz de identificar quando o seu hotel terá uma maior demanda? Leia o nosso ebook “A pick up, indicador dinâmico para preços e estratégias de distribuição”. Você pode baixá-lo aqui.